segunda-feira, 11 de maio de 2009

Novamente



Os anos vão passando,
Como um rio de águas limpas,
Aos poucos vai se sujando, se enchendo,
Se modificando...
A vida é bem assim, um pouco daquele jeito,
Outro pouco daquele outro...
E as horas vão correndo,
Escorrendo de minhas mãos,
Como os dias que vem e vão...
Os anos vão passando e eu me transformando
Quem dera à mim ser criança
Novamente e novamente ver o tempo correr!